Pinheiral

Asilo reforça o ‘Fique em Casa’ e idoso diz: “Tudo vai passar”


Por Tribuna

Com a blusa combinando com a estampa da máscara caseira, escondendo a expressão facial, mas mantendo a autoestima, o senhor Marco Antônio da Silva, de 64 anos, morador do Asilo Recanto dos Velhinho, em Pinheiral, manda o recado com a experiência natural daquelas pessoas com mais experiência de vida:

— Por favor, fiquem em casa. Estamos bem! Tudo vai passar, e logo poderemos matar a saudade — disse o idoso, na folha de papel.

Por conta da Covid-19, as visitas em asilos estão suspensas por tempo indeterminado. Apenas voluntário e funcionários podem ter contato com idosos, que fazem parte do grupo de risco.

O local, que fica em Pinheiral, atende “seu” Francisco e mais 25 idosos. Eles não recebem visitas há quase duas semanas por conta do isolamento social. Mas a doações para instituição continua. Houve uma diminuição devido à  crise.

A instituição continua precisando da ajuda para manter suas atividades. Na semana passada, teve início na cidade uma campanha para arrecadar alimentos e produtos de limpeza para a entidade.

O asilo divulgou uma lista dos principais produtos que precisa neste momento:

  • produtos de limpeza (sabão em pó; cloro; água sanitária;
  • pinho sol (original);
  • amaciante para roupas;
  • limpador multiuso);
  • alimentos (adoçante líquido; caixa de chá (mate, erva, doce, cidreira);
  • margarina;
  • biscoito água e sal ou cream-cracker;
  • biscoito doce maria ou maisena,
  • feijão, garrafa de suco, leite
  • Fralda geriátrica G e Extra G
  • papel higiênico.

Para doar, basta entrar em contato através do telefone (24) 3356-2801.

 

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!