Colunas

Jovem seja um profissional de sucesso



Por Geraldinho do Gelo  


Muitos jovens querem se destacar no mercado de trabalho. Como fazer isso se a experiência que é exigida ainda não foi possível ser alcançada? Como se destacar se nenhum empresário oportuniza isso para o jovem?

É na juventude que nasce um profissional de sucesso, alguém que vai despontar e servir de modelo para muitos outros. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os jovens entre 15 e 29 anos correspondem a 23% da população brasileira, somando mais de 47 milhões de pessoas. É uma população que precisa ter acesso ao mercado de trabalho.

A lei 10.097 do ano 2000, conhecida como “Lei do Jovem Aprendiz” garante aos que tem entre 14 e 24 anos a chance de ganhar dinheiro, experiência e conhecimento sendo um aprendiz.

O benefício para quem preenche esses requisitos é que o Jovem Aprendiz tem contrato que garante um horário especial para não prejudicar seus estudos, trabalhando no máximo 6 horas diárias e treinamento técnico-profissionalizante. De acordo com a lei as empresas grandes e médias têm obrigação de contratar aprendizes. Se você é jovem você pode se tornar um profissional de sucesso.

Uma grande parcela dos jovens nascidos no começo deste século está ingressando no mercado de trabalho. Alguns tiveram uma formação acadêmica e já podem ser vistos nos escritórios de advocacia, nos hospitais, nas indústrias e em outros ambientes. Contudo, uma grande parcela dos trabalhadores vem da Lei do Jovem Aprendiz.

O CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) fez uma pesquisa em parceria com o Datafolha e verificou que 76% dos jovens continuam trabalhando após o período final do contrato como Jovem Aprendiz. Isso chama atenção positivamente para um cenário que pode significar uma guinada na busca pela solução do primeiro emprego do jovem e redução do número de desempregados no país.

Geraldinho do Gelo é empresário


 


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!
close