Destaque 1 Sul Fluminense

A cada dez horas, um veículo é furtado ou roubado na região


Sebastião Alves Barbosa, 66 anos, juntou dinheiro durante dois anos para conseguir trocar o carro. Realizou o sonho. Porém, a felicidade dele durou pouco tempo: depois três meses de adquirir veículo, dois ladrões armados o assaltaram e levaram o seu carro. “Foi desesperador”, resumiu Sebastião, que mora em Angra dos Reis e foi roubado na região de Sapinhatuba no mês de julho.

O idoso faz parte de uma triste estatística do números de roubos e furtos de veículos nas quatro maiores cidades do Sul Fluminense (Volta Redonda, Barra Mansa, Angra dos Reis e Resende). De 1º de janeiro a 30 de outubro, foram 688 veículos – o que dá uma média de um a cada dez horas.

A liderança dos furtos e roubos fica com Angra dos Reis, com 263 casos nos dez meses de 2018. Em seguida, vem Volta Redonda 247 e Barra Mansa com 98 furtos ou roubos. Resende teve 80, número considerado baixo.Os dados são do ISP (Instituto de Segurança Pública), do Governo do Estado.

“Eles não respeitam. Chegam com maior agressividade e toma nosso bem que levamos anos para conquistar”, disse Sebastião, que agora teve que comprar um veículo mais velho para suprir a sua necessidade.

 

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!