Cafezinho com Roger Soares Colunas

A Vênus platinada enferrujou
Por Roger Soares


Nosso cafezinho de hoje tem sabor forte e encorpado de mudanças: A senhora absoluta do poder midiático adoeceu e está agonizando. No Brasil isso não é novidade. Assis Chateaubriand, já viveu mesma amarga experiência, na segunda metade do século XX.

E não foi o único império a desmoronar; como um castelo de cartas: A Última Hora, o Jornal do Comércio, a Gazeta Mercantil, O Jornal do Brasil, a Manchete, a Tupi, o Grupo Abril e RBS que o digam.

A Globo definha. Seus arrogantes donos? Ah, os seus donos, aqueles que se acham capazes de tutelar o povo como uma manada de Gnús, não estão nem aí

Esquartejado por herdeiros de Roberto Marinho, o grupo teve os cofres raspados para retiradas polpudas aos acionistas à título de “ distribuição de resultados”. A Globo está envolvida em dívidas.

Perde a cada dia a audiência e por conseguinte a receita oriunda de publicidade.  Seus erros editoriais estão custando caro. Obrigada a apertar os cintos, se vê na iminência de perder seus melhores talentos. Já não se renova e não agrada com os modelos de programas que cansaram o público, do esporte, ao jornalismo quase nenhum nome imponente.

Do Domingão do Faustão ao Fantástico e às novelas, sempre a mesma coisa, o mesmo enredo, as mesmas piadas e os mesmos finais. Um andar em círculos que causa enjoos. Acusa de desonesta, a concorrência acirrada das mídias sociais e de novas estruturas de entretenimento, como os portais de notícias e o NETFLIX.

Suas afiliadas em todo o Brasil, que compunham a maior estrutura de monopólio da informação do planeta, já perceberam o despencar do negócio.

A Globo já não tem importância, já não dita a (cultura?) e nem (felizmente!) influencia mais o comportamento, entretanto o estrago está feito. A Globo já era! Ficou velha. Está caindo de madura. A “Vênus Platinada” enferrujou.

O golpe de misericórdia chegou. O início do fim foi em 01/01/2019 com os novos Governantes (Federal e estaduais), que como Nêmesis, a deusa grega da vingança e da punição fará ela pagar o preço das opções erradas dos seus dirigentes, que não perceberam que os brasileiros querem mudança; e fizeram as coisas acontecer, atropelando a arrogância do leão, que se achava invencível e de repente se viu sem dentes e com o rugido rouco, dolorido e faríngico, que já não põe medo nem assusta mais ninguém, além de si própriadiante de um tempo crepusculante… Adeus Vênus Platina

Roger Soares é militar da reserva, ex-bombeiro no Estado de São Paulo, técnico em emergências médicas, apicultor, professor de educação física, e consultor de negócios e investimentos.

1 Comentários

    • Maria de Lourdes De Souza 14:51

      Roger, perfeita a sua colocação dos fatos.Sou amante da língua portuguesa, gostaria de saber escrever palavras muito bem colocadas.Parabéns pelo texto.Em ralação a Globo lixo,nada me deixou tão satisfeita quanto a queda da mesma!

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!