Novidades

Volta Redonda

As dez vezes que Volta Redonda viralizou nas redes sociais



Por Tribuna


Não é raro um assunto de Volta Redonda ganhar empatia da população e viralizar nas redes sociais. Isso aconteceu nesta semana com a jornalista do “Globo ou Globe”. Pensando nisso, a equipe do TRIBUNA selecionou outros nove casos que viralizaram. São situações em Volta Redonda ou que ocorreram com moradores da cidade.

Roubo do Coelhinho da Páscoa

Um estudante de 22 anos foi preso em 2012 depois de roubar um coelho de pelúcia com mais de dois metros de altura, que fazia parte da decoração para a Páscoa de uma praça em Volta Redonda. Viralizou no Facebook.

Ele foi liberado depois de pagar fiança e respondeu por furto. A pena é de um a quatro anos de prisão.

 Beijo no Bono Vox

Isso foi na época do Orkuk em 2006. A noite era dos irlandeses, mas a festa do U2 no estádio do Morumbi teve uma estrela brasileira: Katilce Miranda, na época com 28, bancária de Volta Redonda (RJ), foi a felizarda puxada por Bono do meio da multidão que assistia na “hot area” ao show para dançar a música “With or Without You”.

Bono e fã sortuda, que ganhou até beijo na boca

Katilce deu um beijo na boca de Bono, na despedida. “Eu não sei falar inglês, a minha língua universal é o beijo”, justificou a garota, explicando não apenas seu ato, mas o fato de não ter entendido o que o vocalista lhe falou. A atitude de Katilce, aliás, deve lhe custar desavenças em casa. Seu marido, que comprou o ingresso, havia prometido largá-la se ela conseguisse seu intento: beijar Bono.

“Eu já tinha conversado com ele em casa, ele não tinha ligado muito, porque disse que minha chance de subir no palco era uma em um milhão. Mas me disse que, se eu beijasse, ia ficar sem marido.”

A sorte de Katilce, puxada aleatoriamente do meio da multidão (“Quando ele apareceu, eu me joguei, subi até sem tênis”, disse ela), foi precedida de sacrifícios: ela, que não assistiu ao show anterior da banda, em 1998, foi sozinha de Volta Redonda, chegou cedo, com ingresso para a pista e conseguiu ficar de frente para o palco, o mais próximo possível dos ídolos. Até conseguir o feito.

Jogador que viajou pela primeira vez de avião

O Volta Redonda viajou em agosto de 2020 para Porto Alegre, onde enfrentou o São José pela quarta rodada da Série C do Brasileiro. E uma cena momentos antes do embarque chamou a atenção. O atacante Daniel Ribeiro nunca viajou de avião e não conseguia esconder a ansiedade com o momento.

“Primeira vez. Estou muito feliz. Só agradecer a Deus mesmo e a vocês por proporcionar isso”, afirmou o jogador em vídeo postado pelo Volta Redonda nas redes sociais.

A expontaneidade de Daniel fez com que o vídeo viralizasse nas redes sociais:

“Estou nervoso. É a primeira vez. (Estou) Que ne pinto no lixo. Fui no banheiro e nem sabia como lavava a mão. Papo reto”.

O atacante foi apresentado no último dia 4 pelo Volta Redonda. Seu clube anterior foi o America, pelo qual marcou quatro gols em 11 partidas no último Estadual e chamou a atenção da diretoria do Voltaço.

Vídeo de casal Homoafetivo

O vídeo de casamento de um casal de Volta Redonda está viralizando nas redes sociais desde o dia 27 de julho deste ano, quando ocorreu a cerimônia e a divulgação. Henrique Emanuel Ruella, de 25 anos, e Tawan Magalhães Silva, de 19, se casaram no cartório de Volta Redonda, na Rua Gustavo Lira, no Centro, seguindo as medidas de proteção contra o coronavírus. Nem mesmo a pandemia desanimou o casal que tinha outros planos para a cerimônia de casamento. Confira o vídeo na íntegra.

O casal está junto há um ano e sete meses. Eles se conheceram no Colégio Roosevelt, situado no bairro Conforto, em Volta Redonda. Se conheceram no bebedouro da escola e atualmente moram juntos no mesmo bairro em que estudaram.

Jovem é traída e faz a festa “se livrou”.

Moradora de Volta Redonda, no Rio, a vendedora Thainara Martins, de 25 anos, viralizou depois de compartilhar vídeos em que relata que foi traída pelo noivo com a melhor amiga, que seria madrinha de seu casamento, que aconteceria no dia 22 de agosto de 2020. E do “luto” veio a vingança. Na data que aconteceria a cerimônia, ela promoveu, para pouquíssimas pessoas, devido a pandemia, uma festa com o tema “Se Livrou”.

Thainara e o então noivo estavam juntos há um ano e meio e planejavam se casar neste ano. A vendora o conheceu através do primo dela, casado com a então melhor amiga. Os preparativos para a cerimônia já estavam adiantados e praticamente tudo pago. Até que, em fevereiro, o rapaz a surpreendeu com o término. Com a desconfiança e intuição, Thainara descobriu que o noivo e a melhor amiga estavam tendo um caso.

Tentando superar a traição dupla, a vendedora resolveu compartilhar sua história nas redes sociais e, em poucos dias, viu seu Instagram pular de 236 seguidores para mais de 43 mil. Neste mês, que aconteceria o casamento, ela decidiu viver intensamente e promoveu uma festa para comemorar a nova fase.

Os Pôncio de Volta Redonda’

Quem navegou pelas redes sociais durante a pandemia  provavelmente se deparou com uma briga entre duas jovens de Volta Redonda que tomou proporções enormes e acabou aparecendo mais de cinco vezes entre os assuntos mais comentados do Twitter até no dia 26 de junho deste ano.

Na rede social, Suellen Dias expôs prints e áudios de ataques e ameaças que vinha recebendo de outra jovem: a confusão começou por causa de um rapaz que as duas namoraram e acabou caindo no júri popular das redes sociais.

Nas publicações, que já somam mais de 100 mil visualizações, Suellen conta que começou a sofrer ataques quando se envolveu com o ex-namorado de Yasmin Barbosa e exibe áudios que recebeu da mãe de Yasmin.

”Agora a briga é comigo. Eu vou pra cima daquele babaca que se diz seu marido, aquele inútil. Se você acha que a minha filha se interessaria por um favelado pobre igual esse que você arrumou…”, diz a mulher em uma das mensagens.

Os ataques continuam, com a mãe de Yasmin chamando a jovem de “vagabunda, piranha, p***” e afirmando que tem como prejudicá-la, já que vem de uma família rica.

“É uma vagabunda mesmo. Você não é uma mulher, você é uma moleca, ô favelada”, diz a mulher em um segundo áudio. Conforme mostram os posts, a própria Yasmin também ameaça prejudicar a jovem: “Vai lavar um tanque de roupa, vai lá dar comida pra pedreiro. E cuidado pra eu não embargar a obra do seu namorado todinha, porque o meu irmão é engenheiro e empresário”.

Em outro momento, ela volta a citar a família rica. “Vou te dar um psiquiatra bom, procura ele lá. Meu tio é diretor do hospital, quem sabe ele não consegue uma vaguinha pra você? É uma família que tem dinheiro né, meu amor”, diz. Um terceiro áudio mostra ainda mãe e filha conversando e continuando os ataques: “Vagabunda, p***, é isso que você é. Ela posta foto em motel, é o que, mãe?”

‘A confusão ganhou proporções ainda maiores quando chegou a um influenciador digital do Rio de Janeiro. Com mais de dois milhões de seguidores, Thomas Santana reuniu todos os áudios e prints divulgados nas redes sociais e gravou um vídeo reagindo aos ataques que a jovem recebeu. No vídeo, publicado nesta madrugada, ele comenta a treta com humor e defende a jovem que foi vítima dos ataques.

Duda Reis

Ele entrou no livro de record após a briga com Neto. Ela conseguiu mais de três milhões de seguidores em poucos dias.

Playboys jogam homens de viaduto

Esse aconteceu na época do Orkut e virou caso de Polícia. Nada engraçado. Mas parou na imprensa internacional. Os sete rapazes de classe média alta presos após serem flagrados por câmeras da Prefeitura de Volta Redonda espancando brutalmente um homem e jogando-o do alto de um viaduto, na madrugada do último sábado, poderão ser acusados de crime hediondo. Volta Redonda fica no sul fluminense, a 129 km do Rio.

Por causa das agressões, o construtor civil Mauro César da Silva, na época 35 anos, sofreu fraturas no nariz e nos braços e há a suspeita de que tenha tido duas vértebras quebradas. Ele ficou internado no hospital São João Batista (Volta Redonda).

Chanceler é falso

A Prefeitura de Volta Redonda enfrentou em 2017 uma situação inusitada e constrangedora. Tudo porque um homem, que se disse chanceler do Qatar, identificado como Rafael dos Santos Pinto, se encontrou com o então prefeito Samuca Silva, prometendo verba para a construção do sonhado aeroporto regional no município, projeto que supostamente milionários de seu país estariam interessados em investir. Prometeu, inclusive, levar o prefeito e uma comitiva de empresários ao Qatar até junho, para possíveis fechamentos de negócios. Ocorre que Rafael não é chanceler e muito menos representa o país árabe.

O assunto foi levantado pelo jornalista Aurélio Paiva, do Diário do Vale, que publicou entrevista com o diretor de Relações Públicas e Protocolo da Embaixada do Qatar no Brasil, em Brasília, Safy Abuhamra, que oficialmente desmentiu que Rafael seja representante de seu país.

“É golpe. Este cidadão não é chanceler do Qatar e o governo do Qatar não tem nenhuma ligação com ele. Ele não é absolutamente nada do Qatar. A embaixada e o governo do Qatar não reconhecem esta pessoa. Não temos chanceleres e nem representantes brasileiros. Quem representa o Qatar no Brasil é a embaixada. Todos os diplomatas da embaixada são árabes e nenhum sequer fala português”, disse Abuhamra em entrevista publicada pelo Diário do Vale.


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!