Volta Redonda

CMVR: Comissão de Assistência Social da câmara reduz preços dos serviços funerários




A Comissão Permanente de Assistência Social da Câmara de Vereadores, formada pelos vereadores Jari de Oliveira (PSB), presidente, Paulo Conrado (DC), relator, e Sidney Dinho (Patriota), membro, conversou com o secretário de Ação Comunitária de Volta Redonda, Munir Francisco, sobre o reajuste nos serviços da funerária municipal anunciado no mês passado.

De acordo com o vereador Jari, que representou o grupo na reunião, o objetivo da conversa era diminuir o impacto do reajuste para a população do município. “Sabemos que estamos em momento de queda da renda familiar por conta da pandemia da Covid-19, que também está causando maior procura pelo serviço”, afirmou Jari.

A princípio, o valor das urnas aumentou de R$ 340 para R$ 540; a remoção do corpo, dentro do município subiu de R$ 50 para R$ 100; além disso, o morador tinha 30 dias de prazo para o pagamento da primeira parcela do parcelamento dos serviços, agora tem três dias uteis para pagar o primeiro boleto após a emissão.

Após a reunião, no final da semana passada, a prefeitura reduziu o custo da urna de R$ 540 para R$ 430; a remoção do corpo, dentro do município, de R$ 100 para R$ 80; e também ampliar o prazo para pagamento da primeira parcela dos serviços para 15 dias após a emissão do boleto.

“O ideal era que retornassem os preços originais, mas acreditamos que já foi uma vitória. Acreditamos no diálogo entre o legislativo e o executivo em benefício da população. É assim que a Comissão Permanente de Saúde, Educação e Assistência Social da Câmara pretende continuar atuando”, disse Jari.


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!