Cafezinho com Roger Soares Colunas

Despetização


Hoje, nosso cafezinho será um blend entre o doce e o amargo. Cada qual tem sua preferencia, cada qual com suas vantagens e ainda cada qual com seus colaterais.

É inquestionável que tanto Lula quanto Jair Bolsonaro são de origem pobre. O petista, no entanto, sempre foi amante das benesses do poder, desde o início de sua militância nos sindicatos negociando com os patrões, em detrimento de seus colegas.

E Lula, uma vez no exercício do poder, sempre teve o comportamento tirano com os seus subordinados.

Jair Bolsonaro, por sua vez, foi estrategicamente pintado pela esquerda devassa como uma pessoa autoritária, machista, racista e por ai afora. Foi a mesma velha tática ensinada por Lenin: “Acuse seus adversários do que você faz, chame-os do que você é”.

Luiz Inácio que adorou pertencer a elite e, agora, está preso por ter roubado a nação. E o capitão, um homem do povo, político na acepção da palavra, que venceu todas as artimanhas e pilantragens da esquerda e hoje governa o país começa algumas mudanças.

Considere o fato de que a casa civil da Presidência da República que por sua estrutura institucional e física concentrada em Brasília possui naturalmente menos funcionários tinha impressionantes 320 petistas pendurados encargos comissionados.

Agora faça as contas e Imagine como estão aparelhadas o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação onde o volume de cargos comissionados pode ser contabilizado aos milhares espalhados por todos os estados brasileiros.

A farra foi muito grande e isso dará um trabalho danado. Esse povo estava criando raízes no governo. A despetização em Brasília é um ato real e irreversível para livrar o país de todo o mal que nos causaram.

Roger Soares é militar da reserva, ex-bombeiro no Estado de São Paulo, técnico em emergências médicas, apicultor, professor de educação física, e consultor de negócios e investimentos.

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!