Destaque 1 Volta Redonda

Em silêncio! Sindicato ainda não se manifestou sobre reunião com CSN



Por Tribuna

ATUALIZAÇÃO:

O presidente do sindicato entrou em contato com o TRIBUNA e informou que os negociações seguem nesta quarta-feira. A pauta é sobre PPR. Assim que fecharem uma proposta, ele informará à equipe de reportagem.


Até o final da manhã desta quarta-feira (3), o Sindicato dos Metalúrgicos ainda não havia se manifestado sobre a reunião que teve em São Paulo com a direção da CSN. O encontro teria ocorrido na terça-feira (2) a tarde e era sobre a negociação da PPR.

Desde o final da noite de ontem, a equipe do TRIBUNA está tentando contato com a direção do órgão sindical. Mas sem sucesso.

O telefone de Silvio Campos, presidente do órgão sindical, está desligado – assim como de diretores próximos a ele. “Silvio está em silêncio”, disse um diretor, referindo-se em grupo de WhatsApp do sindicato.

Mas, a CSN teria oferecido à primeira proposta de 0,76 por centro de um salário-base. A informação ainda não foi confirmada.

O órgão sindical utiliza como argumento que o resultado para o pagamento dos dividendos dos trabalhadores é referente a 2019 (que foi positivo para a empresa).

Prevalecente este entendimento, não existiria motivo para a CSN não efetuar o pagamento. O sindicato chegou a ameaçar levar para a justiça a negociação. Porém, voltou atrás.

Assim que o sindicado se manifestar, a reportagem será atualizada. Foto: Gabriel Borges.


1 Comentários

    • Paulo tejano 22:36

      Sindicato e corrupto
      Só pensam em dinheiro e esquecem o trabalhador

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!