Volta Redonda

Engenheiro de Volta Redonda morre no Rio por Covid


O engenheiro Walter Kalawatis Filho, de 62 anos, ex-diretor do Sindicato dos Engenheiros de Volta Redonda (Senge-VR), morreu nesta terça-feira no Rio. Ele contraiu o novo coronavírus (Covid-19).  A informação foi dada pela assessoria da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Volta Redonda (Aerj), da qual ele também foi associado.

Segundo um amigo, também engenheiro, Kalawatis retornou da Indonésia há cerca de duas semanas e, poucos dias depois, começou a apresentar sintomas de Covid-19, que se agravaram três dias atrás, quando foi hospitalizado. Ele sofreu duas paradas cardíacas e não resistiu.

Kalawatis trabalhou na FEM (Fábrica de Estruturas Metálicas), extinta subsidiária da CSN. Após deixar a siderúrgica, passou a trabalhar como consultor em engenharia. Depois, se mudou para o Rio.

Ainda segundo a assessoria, devido à causa da morte, o corpo do engenheiro será cremado nesta quarta-feira no Rio e não haverá velório. “A associação deseja os mais sinceros sentimentos à família”, disse a instituição em nota.

1 Comentários

    • Hugao 00:35

      É a guerra da carne como no Tropa de Elite ou estou enganado? Ele é de Volta Redonda e contabilizaram no Rio pra não aumentar os casos aqui? Não acredito que morasse lá.

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!