Barra Mansa Destaque 1 Economia

Flumisul: Chuva atrapalha abertura e parte da feira não abre


No primeiro dia da 20ª edição da Flumisul (Feira de Negócios do Sul Fluminense), em Barra Mansa, apenas a Praça de Alimentação abriu ao público. O motivo foi uma forte chuva que atingiu o Parque da Cidade na tarde de quinta-feira (2). A parte destinada às empresas ficou sem condições para a finalização da decoração e algumas instalações elétricas dos stands. Os organizadores garantem que nesta sexta-feira (3) toda a feira – que é a maior da região – estará aberta ao público.

“Em todas edições anteriores, uma empresa de São Paulo – especializada em feira – era contratada para realizar a montagem. Nesta edição, por conta da economia, foi outra. Claro que tivemos prejuízo por conta do stands fechados”, disse uma expositora, que preferiu o anonimato.

Mesmo com parte da feira fechada, o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, fez a abertura oficial na noite desta quinta-feira (2). A previsão é que passem pela Flumisul mais de 50 mil pessoas.

Com a participação de cerca de 200 expositores, a Feira de Negócios tem a projeção de provocar um impacto econômico da ordem de R$ 31 milhões, incluindo o pós-feira, e gerar mais de 800 empregos diretos e indiretos.

A feira funciona de quinta a domingo (2 a 5), das 16 às 22 horas, no Parque da Cidade de Barra Mansa. A entrada é gratuita.

Deixe seu comentário