Polícia

Homem que aplicava golpe e estuprava mulheres é preso no Rio




Um homem que se passava por milionário em sites para aplicar golpes e estuprar mulheres foi preso, nesta quinta-feira (22). Policiais da 20ª DP (Vila Isabel) localizaram Eliezer de Queiroz Moreira, de 33 anos, na casa de sua irmã, em Campo Grande, na Zona Oeste.

O suspeito enganava e levava as vítimas para motéis, onde as obrigava a ter relações sexuais com ele, que tinha comportamento agressivo. De acordo com a polícia, foi cumprido mandado de prisão preventiva por estupro, estelionato, corrupção de menores e constrangimento ilegal.

Segundo as investigações da Polícia Civil, ele enganou mais de 50 vítimas desde 2016 – inclusive na região Sul Fluminense.

O homem já havia sido preso em agosto deste ano, em cumprimento a mandado de prisão temporária. Após ser solto, continuou cometendo os mesmos crimes.

Eliezer de Queiroz Moreira criava um perfil falso em um site de relacionamento e se apresentava como dono de um negócio em Miami. Ele usava imagens de carros de luxo e jatinhos, ostentando uma vida milionária para atrair as mulheres. Para elas, prometia uma renda semanal que poderia chegar a 1 mil dólares. Quando atraía uma vítima, ele enviava um comprovante de depósito bancário que poderia chegar a R$ 10 mil, dizendo que o dinheiro é para que ela fingisse ser namorada de um sobrinho que tinha depressão.

A polícia ainda informou que algumas vítimas chegavam até a viajar para o Rio de Janeiro sem perceberem que o comprovante de depósito era falso. Além disso, o homem pedia que as mulheres fizessem vídeos do encontro e chantageava as vítimas depois. Eliezer, se passando pelo sobrinho, se mostrava violento, chegando a ameaçar matar as vítimas, caso revelassem algo sobre a noite.

O crime começou a ser descoberto quando a própria família de Eliezer procurou a polícia, o levou a sua primeira prisão, em agosto desse ano.


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!