Destaque 1 Volta Redonda

Mesmo preso, Albertassi custou aos cofres públicos R$ 3 milhões


Preso há um ano e dois meses, o deputado estadual Edson Albertassi, que é de Volta Redonda, já custou aos cofres públicos quase R$ 3 milhões neste período. O mandato dele termina daqui a 20 dias e ele continuará recebendo até lá.

Além do salário de R$ 25 mil, o político de Volta Redonda continua tendo direito a receber, mensalmente, R$ 160.516,82 para distribuir entre seus comissionados, R$ 36.960 de auxílio-alimentação para funcionários. Cada pessoa que trabalha num gabinete também ganha bolsa escolar (de R$ 1.193,36) para até dois dependentes.

O Regimento Interno da Assembleia não prevê a cassação de um deputado nem a suspensão de seus vencimentos, em caso de prisão, quando ainda cabe recurso judicial. Qualquer punição, portanto, teria que ser proposta pelo Conselho de Ética e encaminhada à votação em plenário. Isso não ocorreu nesses 14 meses de prisão.

4 Comentários

    • Lúcio 10:38

      VOCÊ TA SEM ASSUNTO???? PORRA!!!

    • Catatau 17:02

      Esse assunto tem que ser divulgado sim seu analfabeto político. Um absurdo esse canalha receber salário. Tinha que ter sido afastado de tudo e ficado sem salário e seu suplente ter assumido

    • Rev.Dr. Eclediologo : GILMAR TEIXIERA TORRES 23:48

      Sinceramente prova estado está TOTALMENTE ABANDONADO ESSES VALOR DEVE SER BRINCADEIRA …..TEM DEVOLVER TODOS DESVIOS DE VERBAS DO ESTADO …

    • Raquel 17:18

      Mas o problema é a “bolsa-presidiário”, né? Junte desinformação e má fé e veja o povo defendendo políticos e atacando minorias 🙁

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!