Política

“Não saio do PSL”, diz deputado Antônio Furtado


Por Tribuna 

Em declaração exclusiva ao TRIBUNA nesta sexta-feira (15)o deputado federal Antônio Furtado disse que não vai acompanhar o presidente Jair Bolsonaro na criação da nova legenda, “Aliança pelo Brasil”.

Porém, ele ponderou dizendo que vai continuar apoiando em “pautas importantes” do país.

— Vou continuar no partido. Não saio do PSL. Vamos continuar apoiando as pautas importantes do presidente. A janela partidária não permite. Tenho o risco de perder o mandato. Sempre lutei pela segurança, agora vou pensar na minha (segurança) — disse o deputado federal.

Especialistas estimam que, dos 53 deputados do PSL, 26 devem seguir Bolsonaro e vão se afiliar ao futuro partido.

Esse racha fortalece o centrão como o DEM, partido do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia. Porém, o partido com a maior bancada será o PT.

2 Comentários

    • Zero 16:06

      Esse pseudo delegado já era traidor desde a epoca em que atuava como delegado na região. Aproveite seu mandato que não sera nais reeleito pois vc só se elegeu na onde do nosso Presidente Bolsonaro. Esperem que em breve ele estara se transferindo para um partido como Dem, Mdb ou outros que barganham cargos.

    • Valdir 01:03

      Foi sincero. Está pensando nele. O Brasil? O povo? Que se dane!
      Foi uma pá de cal na sua carreira política. Ainda bem que não votei nele!

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!