Destaque 1

“Neto é mentiroso e faz denúncias caluniosas”, rebate empresário




Nas redes sociais, a briga entre o empresário Mauro Campos e o prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto, ganhou mais um capítulo.
Campos rebateu as acusações de Neto na noite desta terça-feira (4). O empresário veio após o prefeito se manifestar no seu Facebook e através da assessoria de imprensa.

Em nota à imprensa (veja na íntegra abaixo), Neto disse que o trevo da rodovia do Contorno foi feita pela construtora de Mauro, sem autorização do poder público e fora das normas técnica.

— Infelizmente eu tenho que vir aqui a público desmentiu uma calúnia uma tentativa de difamação de manchar a imagem de uma empresa que tanto contribui, contribuiu e irá continuar com Volta Redonda com impostos como moradias como loteamento e trabalhadores”, disse ele. (Veja o vídeo de Mauro Campos na íntegra abaixo)

— Isso desespero (de Neto) porque a consciência dele deve estar pesando pelas mortes que estão nas costas dele e do secretário (Paulo Barenco”, acusa.

— O prefeito Neto, que está infelizmente utilizando a máquina pública e utilizando um meio de comunicação público, para faz uma acusação caluniosa mentirosa.

— A construtora (Aceplan) tem filmagem, tem testemunhas tem uma realidade que prova que os acidentes se devem a reta um batendo de frente com outro. Qualquer um com o mínimo de inteligência sabe que dificilmente o trevo teria alguma influência nisso e nenhum dos acidentes foram dentro trevo” Mauro Campos, que é um dos maiores empresários da região, disse que entregou vários abaixo-assinados sobre a alta velocidade dos veículos próximo ao condomínio. E fez crítica ao ex-prefeito Samuca Silva, que também se recusou a fazer melhora.

“A omissão dos prefeitos e dos secretários não permitiram que fizesse seguir um redutor de velocidade, que podia ser eletrônico, elétrico ou qualquer coisa que reduzisse. Uma viatura da guarda municipal com a sirene ligada com as luzes talvez já fosse alguma coisa, mas não preferiram deixar acontecer botando luzinhas de Natal e festinha para povo e pintando meio fio. Esse é o prefeito que nós temos e eu queria dizer que calúnia difamação contra a nossa empresa”, disse.

“Nós não aceitamos mentira. Nós não aceitamos e vamos correr atrás. Eu sei que ele está desesperado e deve estar com as costas carregadas por essas mortes, mas não acusa quem não tem nada a ver com a história. Não acusa quem deveria agradecer por ter tentado ajudado a cidade”.

Nota de Neto no Facebook

Vejam os problemas que o “Trevo do Maurinho” estão causando na Rodovia do Contorno em Volta Redonda.
————

Trevo irregular causa acidentes na estrada do Contorno em Volta Redonda

Construtora foi alertada reiteradamente sobre riscos do projeto e sobre competências sobre a rodovia

A Prefeitura de Volta Redonda vai adotar ações sobre trecho onde um trevo foi feito de maneira irregular por uma construtora. O local tem sido ponto frequente de acidentes de trânsito, inclusive com vítimas fatais. A obra do trevo não teve autorização dos órgãos públicos municipais, estaduais e federais para ser feita e nem seguiu os parâmetros legais.

Ao mesmo tempo, a Prefeitura de Volta Redonda oficiou o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre) para que uma solução para o caso seja apontada de maneira oficial, dentro da lei e preservando vidas.

O referido trevo foi construído ao longo do ano de 2020, sem autorização e fora dos padrões técnicos exigidos para o local. Ainda na fase do projeto, os primeiros questionamentos foram feitos à construtora, que mesmo assim fez a obra, a toque de caixa, sem licença para isso.

Em documento, ainda de 2020, a Secretaria Municipal de Transporte Mobilidade Urbana (STMU) apontou que o projeto promoveria “movimentos inseguros na pista”. Ou seja, colocava a vida de pessoas em risco.

A construtora teria de ter observado que a via possui volume diário médio (VDM) próximo a 7 mil veículos, o que torna a rotatória vazada (utilizada pela construtora no trecho) tanto inapropriada como ilegal.

A Prefeitura, diante da inércia da construtora, declarou que vai tomar com urgência todas as providências cabíveis. E ressalta, ainda, que não construiu casas no local e muito menos fez o trevo.

“Não vamos perder tempo com discussões sem sentido. Queremos salvar vidas primeiro, mas em seguida vamos responsabilizar judicialmente quem errou e ajudou a causar estes acidentes”, disse o Prefeito Antonio Francisco Neto.


2 Comentários

    • Livia 22:39

      Se o trevo é irregular, por que os cabides e fiscais de obras não foral até o local embargar o mesmo ?
      Neto é um covarde, mentiroso, não larga a teta do dinheiro público, suas mãos e de todos os secretários, fiscais e aspones dessa prefeitura estão com as mãos sujas de muito sangue de vítimas.
      Agora deixe de desculpa Prefeito e vá trabalhar para que não ocorra mais nenhuma morte nessas estradas.

    • Livia souza 22:40

      Se o trevo é irregular, por que os cabides e fiscais de obras não foral até o local embargar o mesmo ?
      Neto é um covarde, mentiroso, não larga a teta do dinheiro público, suas mãos e de todos os secretários, fiscais e aspones dessa prefeitura estão com as mãos sujas de muito sangue de vítimas.
      Agora deixe de desculpa Prefeito e vá trabalhar para que não ocorra mais nenhuma morte nessas estradas.

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!