Panorama do Torcedor

Panorama do Torcedor
Por José Roberto Paiva


Depois de um período de recesso, voltamos aqui, com nosso bate-papo de futebol a qual você já está acostumado. Copa do Mundo encerrada, com um título merecidíssimo da França, que apresentou jovens valores, somados à experiência de figurões que deram uma mistura de talento e vigor aos azuis. Sim, venceu a melhor equipe.

O Brasil ao meu ver,  foi eliminado numa partida, onde uma forte arma que funcionou durante todo o mundial, resolveu ir mal das pernas no último jogo:  o sistema defensivo. Sim, muito disso por culpa da ausência de Casemiro, mas também pela falta de apoio de Felipe Luis, que vinha fazendo partidas de bom nível, ao contrário de Marcelo, que fez uma sofrível copa.

***

Encerrado o Mundial, o VAR deixou a lição de que, futebol não é para amadores. É um caminho sem volta o uso da tecnologia.

***

Voltamos aos torneios domésticos. Como de praxe, todos os times, do Rio e do Brasil sempre voltam com a esperança que suas equipes voltarão melhores e mais competitivas. Na verdade, aquelas com planejamento, que contrataram, tiveram suas laranjas podres retiradas e seu departamento médico esvaziado, certamente terão alguns bons frutos para colher após a Inter temporada que se acaba por agora.

***

A torcida que eu vejo mais animada com uma possível volta por cima após um início regular para ruim é a do Vasco, que teve figurões como Erazo e Welington negociados e fora da equipe, e certamente não farão falta alguma, e ainda darão alívio as contas do clube.

Alívio este que foi fundamental para a contratação de Max Lopes, argentino que vem com a responsabilidade de ser o homem gol de São Januário. Futebol ele tem, mas veremos se a idade vai pesar.

***

No Flamengo a expectativa é sobre o holandês Babel, que possivelmente deve acertar nos próximos dias. Fonte dão conta que o clube da Gávea ainda sonha com o meia Giuliano, que estava na lista de espera de Tite. Aguardaremos os próximos capítulos.

Deixe seu comentário