Polícia

Preso no Sul Fluminense suspeito de matar e enterrar jovem




A Polícia Militar prendeu, na noite desta quarta-feira, o principal suspeito de ter assassinado Thuane da Silva Machado, de 20 anos, em Magé, na Baixada Fluminense. Iranildo Martins da Silva, 26 anos, foi encontrado na localidade de São João, em Sapucaia, no Sul Fluminense. A jovem foi encontrada com marcas de violência sexual após ter sido enterrada no quintal da casa do suspeito.

Contra Iranildo havia um mandado de prisão temporária em aberto pela morte da jovem. De acordo com a polícia, o suspeito chegou a escapar de um cerco na manhã de quarta, pulando de uma ponte para o leito do Rio Paraíba do Sul. Por volta das 19h, ele foi encontrado. Agentes do 38º BPM (Três Rios) encaminharam o suspeito para a 109ªDP (Sapucaia).

O corpo de Thuane foi enterrado, na terça-feira, no Cemitério da Taquara, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O sepultamento foi marcado por revolta e tristeza de quem a conhecia.

“Eu não sei como é que eu tô, é uma confusão, uma dor. Minha filha era uma menina tão perfeita, uma menina jovem, uma menina família. Minha filha não saía, só ficava no celular, nas redes sociais, uma menina calma. Ele fazer isso com a minha filha, uma pessoa que nem morava aqui, chegou ali não tem nem um mês, acabou com a vida da minha família, acabou com a vida da minha filha, minha pequenininha”, desabafou Simone Carla da Silva.

Entenda o crime

Thuane tinha saído de casa para ir ao supermercado para a mãe durante o início da tarde e não apareceu mais. A mãe da jovem, Simone Carla da Silva, disse ter ouvido gritos vindo da casa de um vizinho enquanto procurava pela filha. Ela tentou procurar Thuane na casa de Iranildo, mas não teve sucesso.

Horas depois, policiais militares encontraram a jovem enterrada no quintal e a encaminharam ao Instituto Médico Legal (IML) de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Iranildo era considerado foragido desde 24 de dezembro de 2021, quando recebeu o indulto de Natal. Ele não retornou para o Instituto Penal Vicente Piragibe, onde cumpria regime semiaberto.

Ele estava preso por tráfico de drogas e associação ao tráfico. De acordo com as investigações, o acusado é responsável por diversos crimes, como roubo, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e violência doméstica.


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!
close