Barra Mansa Destaque 1

Rodrigo Drable estipula fim de isolamento para o próximo dia 13


por Tribuna 

Mantendo a solicitação para que as pessoas fiquem reclusas em suas casas, o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, informou que o isolamento deve continuar até o próximo dia 13 de abril.

Durante seu pronunciamento, realizado nesta segunda-feira (30), Drable ainda esclareceu que o período pode ser prorrogado, dependendo da evolução dos casos do novo coronavírus (Covid-19) no município. 

Atualmente, Barra Mansa tem registrado seis casos do vírus, sendo um deles o primeiro no estado do Rio de Janeiro. No último sábado, dia 28, foram registrados mais dois, um casal de médicos que encerram o período de quarentena nesta terça-feira (31); outro médico, que será mantido em isolamento domiciliar até dia 01 de abril; uma idosa de 73 anos, que teve contato com familiares do Noroeste Fluminense; e um jovem de 20 anos, que estuda em uma cidade com alto índice de contágio. 

Rodrigo Drable ressaltou a importância das pessoas se manterem em suas casas, a fim de reduzir o contágio. “A contaminação já está acontecendo. Temos exemplos de cidades vizinhas com índices alarmantes e as pessoas em Barra Mansa estão circulando nas ruas como se nada estivesse acontecendo. Precisamos entender que o período não é de férias”, expressou. 

O prefeito ainda disse que entende a ansiedade das pessoas em querer retornar suas rotinas. Porém, para que isso aconteça de forma rápida, é necessário haver maior compreensão do atual cenário nacional. “Barra Mansa e região ainda terão muitos casos se não respeitarmos esse período. Eu entendo o desejo das pessoas quererem retomar  suas vidas, mas quando o período mais crítico passar, teremos que adaptar a uma nova vida. O pico vai passar, mas a doença vai continuar circulando e os mais vulneráveis continuarão no grupo de risco. A realidade é dura, mas tem que ser entendida”, frisou. 

Secretarias do Estados montam plano de restrição de mobilidade 

Drable informou que na manhã desta última segunda-feira, 30, recebeu a ligação dos secretários estaduais de Transporte e Saúde. Durante a conversa, o chefe do executivo foi informado que o estado está montando um plano de restrição de mobilidade. 

– Vão ser cortadas as linhas de transportes públicos intermunicipais. A decisão foi tomada, pois estamos em uma área endêmica e a medida prevê a não circulação do vírus entre as cidades, adiantou. 

Universidade internacional conclui estudo sobre o avanço da Covid-19 no Brasil

O prefeito disse que uma universidade britânica realizou um estudo sobre o avanço do novo coronavírus no Brasil. De acordo com ele, diversos fatores, como climáticos, demográficos sociais e culturais, foram levados em consideração. 

– Esse estudo foi feito considerando os maiores aspectos nacionais e os resultados finais foram alarmantes. Mesmo se nós adaptarmos todas as medidas que são orientadas, teremos um grande número de mortes. Nem preciso falar o que pode acontecer se seguirmos nossas vidas normalmente. Mais uma vez, eu peço o envolvimento de todos, pois quanto mais estivermos unidos contra a doença, em menos tempo passaremos por essa crise, finalizou Drable. 

2 Comentários

    • Cidadão de Volta Redonda 15:01

      Mourão na Presidência!!!!

    • Cidadão de Volta Redonda 15:44

      Mourão na Presidência!!!!! O Brasil precisa!

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!