informe publicitário

Sindicato fake, sinônimo de impunidade



Por Luiz Antônio Dorvalino de Souza 

Alguns meios de comunicação têm noticiado que o STF pede investigação sobre supostos envolvidos nos ataques que vem sofrendo. Pois bem! Foi noticiado recentemente que a empresa Transporte Gabardo, através do seu laranja, vem patrocinando manifestação contra a democracia e ao STF. Inclusive, atentando contra a própria vida dos integrantes da manifestação. Isso é absurdo. Em plena quarentena, um irresponsável convoca o povo para a aglomeração.

Isso ficou provado através de vídeo, postado pelo presidente do Fake Afonso Rodrigues de Carvalho, vulgo Magaiver. Sim! Magaiver, aquele do seriado que fazia bombas até com borra de café.

Sabe quem está junto com os dois, Magaiver e Gabardo? Nada menos do que Renan Silva. É aquele que cometeu a insanidade de agredir os enfermeiros e também atacou a sede do STF com fogos de artifícios.

Nesse caso, não tem nem o que investigar. As provas foram geradas pelo próprio Magaiver postados em todas as redes sociais.

Inclusive, após a matéria que dizia que o MPF estava investigando as empresas que financiando esses ataques, imediatamente, Magaiver retirou os vídeos das redes.

Qual será o segredo dessa impunidade? Esse não é o primeiro envolvimento em casos de escândalos que a empresa e seu garoto Magaiver se envolvem. Vale lembrar que eles estão sendo investigados no Paraná por corrupção. Em Goiás por atentado contra os motoristas que queriam participar da assembleia e, na PF por ter forçado motoristas  fazerem um BO contra a PRF e nada acontece. Qual será o segredo? Vamos esperar os próximos capítulos.


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!