Destaque 1 Outros Volta Redonda

Traficantes de Volta Redonda utilizavam drone para monitorar policiais



Por Tribuna

O delegado de Volta Redonda, Victor Tuttman, afirmou que a quadrilha de traficantes utilizava drones para vigiar a chegada de policiais nos bairros Belo Horizonte e Vale Verde. A revelação foi feita através de um video divulgado à imprensa nesta quinta-feira (6)

Na operação, a Polícia Civil prendeu oito pessoas suspeitas de integrarem uma facção criminosa, que veio do Rio de Janeiro e se instalou em Volta Redonda.

Cerca de 50 policiais civis estão em busca ainda de sete pessoas. Junto com os oito já detidos, todos foram atingidos por ordens de prisão emitidas pelo Juízo da 2a Vara Criminal da Comarca de Volta Redonda.

— Há suspeitas de que a organização criminosa é liderada por Geovane dos Santos, o Vaninho, de 51 anos, e Robson Tertuliano da Silva, o ROBGOL, 47, (ambos foragidos) atuando diretamente nas comunidades Coreia e Vila Aliança, no município do Rio de Janeiro; Vale Verde e Belo Horizonte; em Volta Redonda; Belém e Sapinhatuba, em Angra dos Reis. Para além das fronteiras estaduais, a organização controla uma rota terrestre de tráfico de drogas que atravessa os estados do Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo”, diz uma nota da Polícia Civil.

“Um elaborado sistema de ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro veio à luz, envolvendo negociações de veículos de luxo, endereços fictícios e vários “laranjas” dos reais proprietários de bens adquiridos com o dinheiro auferido com a venda de drogas. Neste momento, as buscas seguem em curso, inclusive em condomínios de classe média alta, no Recreio dos Bandeirantes, na capital do estado”, fecha a nota.


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!