Destaque 1 Política

Tutuca e Cabeleireiro votam para soltar deputados presos pela Lava Jato


A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) determinou, em votação no início da tarde desta terça-feira (22), que cinco deputados presos na Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato no Rio, sejam soltos.

A votação ocorreu após decisão da ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os dois deputados da região, Marcelo Cabeleireiro e Gustavo Tutuca, votaram pela soltura dos colegas deputados estaduais.

Os dois ainda não justificaram os seus votos.

Por 39 votos a 25, os parlamentares aprovaram o projeto de resolução para libertar:

André Correa (DEM),

Chiquinho da Mangueira (PSC)

Luiz Martins (PDT)

Marcus Vinicius Neskau (PTB)

Marcos Abrahão (Avante)

6 Comentários

    • Vigario 18:15

      A populacao nao votou nesses crapulas para eles soltarem bandidos..
      As eleicoes rapidamente estarao ai.. farei campanha contra esses dois

    • Jonas 18:17

      É, cabeleireiro, mostrando para o que veio ! O povo não esquecerá a calhordice !! Só está mostrando o que é, do lado de bandidos… Todos iguais !

      • Tonho 21:35

        Estou ansioso pelas eleições. Serão execrados.

    • Tá difícil 05:54

      Tudo farinha do mesmo saco temos que anular nossos votos próxima eleição .

      • Bruno Williams 09:32

        Dois pilantras nos vemos na próxima eleição .

    • triste realidade 12:39

      UM tapa na cara dos eleitores desses dois deputados da região sul fluminense. Bem feito para os leigos que votaram neles. Eles estão preocupados é com o bolso deles, enquanto isso a população de Barra Mansa passando sufoco devido ao atraso socioeconômico da cidade. E o nobre cabeleireiro recebendo mais de R$ 20 mil por mês para votar a favor de deputados corruptos. A assembleia é reflexo dos eleitores desses deputados, o povo tem o que merece. Pobre adora votar, Deus os castigue.

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!