Novidades

Volta Redonda

Volta Redonda terá ação para coibir ‘isoporzinho’ na Colina




A Prefeitura de Volta Redonda, através de uma força-tarefa multissetorial, realiza, neste fim de semana, a partir de sexta-feira, dia 27, fiscalização na Praça da Colina. A ação tem como objetivo coibir os eventos clandestinos chamados de ‘isoporzinho’, que incluem aglomerações com som alto e outros tipos de transtornos durante a madrugada, incomodando moradores da localidade e ignorando normas de prevenção à Covid-19.

O trabalho, realizado durante toda madrugada, é executado em conjunto pela Guarda Municipal, agentes da Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar e pelos fiscais do Departamento de Atividades Econômicas e Sociais da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF).

De acordo com o diretor do Departamento de Atividades Econômicas e Sociais, Wagner Jardim Chaves, os fiscais da SMF participam da ação na Colina, mas ainda fazem ronda por toda cidade. “Percorremos os pontos que tradicionalmente promovem aglomeração e também atendemos as denúncias dos moradores que chegam por meio da Central de Atendimento Único (CAU), pelo número 156”, falou.

Desde o início da pandemia, a força-tarefa trabalhou para garantir o cumprimento dos decretos de enfrentamento ao novo coronavírus. E, agora, trabalha para coibir aglomerações na cidade, fazendo rondas por bares e restaurantes e atuando com protocolo especialmente implantado para combater os ‘isoporzinhos’.

A equipe da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), que compõe a força-tarefa, criou ainda um protocolo para impedir esse tipo de evento clandestino. A fiscalização abrange bares, restaurantes e depósitos de bebidas que estão incentivando as aglomerações, seja com a venda de bebidas alcoólicas ou com o fornecimento de mesa e cadeiras para esses eventos.

Também são verificadas as infrações ao Código de Trânsito, como veículos estacionados em local proibido ou com som alto. Os responsáveis podem ser multados, ter mercadorias e equipamentos apreendidos e os estabelecimentos podem ser interditados e ter os alvarás cassados.

 


1 Comentários

    • Joao Carlos 08:50

      Pena que eles não tem coragem de ir ao Bairro Santa Cruz, lá tem isorporzão.

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!