Cidades

Duas cidades da região terão aumento na passagem de ônibus




O reajuste de 8,87% do óleo diesel anunciado pelo governo federal esta semana já refletiu no valor da tarifa dos ônibus municipais de Angra dos Reis. A partir deste domingo, dia 15, começa a vigorar o novo valor.
Em Angra, as tarifas são divididas por categorias.

O reajuste está previsto no contrato de concessão e foi autorizado pela prefeitura baseado nos custos do óleo diesel, por exemplo, assim como a redução do número de passageiros que vem ocorrendo desde o início da pandemia.

O reajuste não afeta quem possui o cartão “Passageiro Cidadão”. Os beneficiados pelo programa continuarão pagando o mesmo valor.

Resende tem 30 dias para aumentar valor da tarifa

O juiz da 1ª Vara Cível de Resende, Marvin Ramos Rodrigues Moreira, deu prazo de 30 dias para a Prefeitura de Resende dê “prosseguimento ao procedimento administrativo nº 33.514/2021, realizando todos os atos necessários aos estudos e homologação do reajuste tarifário a que faz jus a concessionária autora”.

A concessionária a que o juiz se refere na decisão é a Transporte Urbano São Miguel de Resende Ltda., a empresa que opera as linhas urbanas de Resende.

A empresa pediu na Justiça o direito de reajuste de passagem depois de ter tido um pedido administrativo negado pela prefeitura sob a alegação de que haveria ação judicial em curso, impedindo o reajuste. Havia uma previsão de que a tarifa fosse reajustada em dezembro de 2021.

O juiz, no entanto, entendeu que o pedido feito na ação judicial iniciada pela São Miguel é diferente daquele que está “sub judice”, e considerou que a demora na decisão está trazendo prejuízos financeiros para a empresa de ônibus e causando desequilíbrio econômico-financeiro no contrato. As informações são do Diário do Vale. 


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!
close