Destaque 1

PM morto em acidente será enterrado nesta segunda em Valença


Por Tribuna

O enterro do cabo da PM Renan Gonçalves, que morreu na manhã deste domingo (8) após a ser atingido por uma carreta na Via Dutra, em Piraí, está marcado para ocorreu nesta segunda-feira (9) no cemitério de Valença.

O sepultamento será no Cemitério Riachuelo, no bairro de Fátima, às 8 horas.

A informação foi passada pelo comandante do 10°BPM (Batalhão da Polícia Militar), Robson Maia, que lamentou o acidente. Ele disse que vai apurar os fatos e, em seguida, se manifestar sobre o ocorrido.

Gonçalves morava em Valença, mas trabalhava em Miguel Pereira. O acidente aconteceu na pista sentido Rio de Janeiro, próximo da Ambev.

Outras três pessoas ficaram feridas e permanecem internados. São eles: Matheus Sodré, de 32 anos, que foi levado ao Hospital da Unimed, em Volta Redonda; e Guilherme da Silva Maia, de 20 anos, foi atendido no Hospital São João Batista, com fratura exposta.

O terceiro ferido foi um jovem de 20 anos, levado para o Hospital Flávio Leal, em Piraí – nome não foi divulgado.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os três tiveram ferimentos graves.

O PM morto estava realizando uma abordagem a um carro, um Vectra, no acostamento da rodovia, quando uma carreta atingiu a viatura da PM e o carro de passeio. O outro PM saiu ileso do acidente.

Ainda de acordo com a PRF, o condutor da carreta foi preso, pois estava dirigindo embriagado.

Durante o teste de etilômetro, foi constatado que o caminhoneiro causador do acidente estava com 0,41 mg/L de, caracterizando crime de trânsito. A carreta estava transportando produto perigoso.

Ele foi levado para a delegacia de Piraí, onde ficou preso pelo crime. Ele deverá responder por dirigir alcoolizado, homicídio e lesão corporal.


 

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!