Destaque 1 Volta Redonda

Trabalhadores da CSN recebem alta de hospital


Por Tribuna

A assessoria da CSN informou que todos os operários receberam alta médica do Hospital das Clínicas de Volta Redonda. Eles ficaram em observação até início da tarde. O número exatos de operários atendidos na unidade médica ainda não foi confirmado pela empresa, mas o TRIBUNA apurou que são pelo menos 26.

Todos eles chegaram consciente na unidade médica após uma explosão na Aciaria. Também tiveram aqueles funcionários que foram atendidos no posto médico dentro da Usina Presidente Vargas. Esses são os casos mais leves e os números também não foram divulgados.

“Os sintomas na exposição de gás tóxicos podem incluir irritação dos olhos ou nariz, tosse, sangue no escarro e falta de ar. Os pacientes precisam ficar em observação”, explicou o clínico geral Gustavo de Oliveira.

Trabalhadores são levados para Unimed

O Sindicato dos Metalúrgicos informou, em nota divulgada em seu site, que alguns operários foram levados para o Hospital da Unimed. “O presidente Silvio Campos esteve no Hospital das Clínicas, logo após a informação do acidente, e acompanha o atendimento às vítimas”, diz órgão sindical. Mas eles não informaram quantos trabalhadores em cada unidade médica.

Cúria emite nota de solidariedade

A diocese de Volta Redonda emitiu uma nota em solidariedade aos acidentados. “Permanecemos em oração para o pronto restabelecimento dos feridos e em apoio às famílias e vigilantes pela promoção da segurança e da dignidade do trabalhador que deve estar acima do lucro, como bem diz a Doutrina Social da Igreja. É indispensável que, no interior da empresa, a legítima busca do lucro se harmonize com a irrenunciável tutela da dignidade das pessoas que, a vário título, atuam na mesma empresa”.

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!