Destaque 1

Vasco e Flamengo jogam em Volta Redonda nesta semana




O Estádio da Cidadania está pronto para receber jogos de futebol. O local é palco nesta quarta-feira (26) da estreia do Voltaço no Campeonato Carioca, diante do Vasco. A partida ocorre às 19h. Para receber o confronto, o gramado e toda estrutura física do estádio receberam manutenção. A presença de torcedores está autorizada, com 50% da capacidade do estádio. No sábado (29), o Voltaço receberá o Flamengo, às 18 horas.

 

A Prefeitura de Volta Redonda, que administra o espaço, determinou a apresentação do cartão vacinal com pelo menos duas doses contra Covid-19 e adoção dos protocolos sanitários de prevenção – uso correto de máscaras e álcool em gel. Quem não tiver a comprovação de duas doses da vacina terá que apresentar um exame negativo de RT-PCR feito até 72 horas antes do jogo, ou pesquisa de antígeno 24 horas antes da partida. O resultado deverá ser apresentado na entrada do estádio.

Para garantir mais conforto ao público, as arquibancadas do Estádio da Cidadania foram revitalizadas. O local também passou por uma pintura geral e o sistema elétrico foi todo revisado. As cabines que atendem a imprensa também passaram por uma revisão.

O administrador do Estádio da Cidadania, Milton Alves de Faria, destacou que o gramado foi priorizado para receber bem os atletas e profissionais que atuam nos jogos. “A grama passou por adubação, replantio em alguns pontos e, principalmente, o nivelamento da região em frente aos gols”, explicou.

Também foi realizado o corte vertical, que tem como objetivo rejuvenescer a grama, estimulando o aparecimento de novas plantas e eliminar o “Thatch” (colchão formado por estruturas vegetais antigas) localizado entre as folhas sadias e o solo. Essa operação contribui com a resistência da planta ao ataque de pragas e facilita a chegada de nutrientes às raízes.

*Estádio da Cidadania*

Reinaugurado em abril de 2004, na segunda gestão do prefeito Antonio Francisco Neto à frente da Prefeitura de Volta Redonda, o Estádio Raulino de Oliveira, que passou a ser conhecido como Estádio da Cidadania, se tornou um dos mais modernos do país. Além da vocação natural para o esporte, o local é um complexo de saúde, educação, social e de lazer.

Em 2021, quando Neto reassumiu a prefeitura para o quinto mandato, o cenário era de estruturas danificadas, enferrujadas e infiltrações. No primeiro ano de governo, com dificuldades financeiras, a prioridade foi a recuperação das instalações voltadas para o atendimento da saúde. Também foram recuperados o gramado, as salas de aquecimento, vestiários e de imprensa, para que o Estádio da Cidadania voltasse a ser palco de jogos oficiais de futebol.

Fotos: Divulgação/Secom PMVR


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!
close