Destaque 1 Economia Volta Redonda

Volta Redonda fecha o 1º semestre com saldo positivo de 440 empregos


Volta Redonda fechou o semestre com resultado positivo em termos de empregabilidade. No município, teve saldo positivo de 440 postos com carteira assinada de janeiro a junho deste ano. Os dados fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O resultado do saldo é a diferente entre o número de empregos formais criados e a emissão de seguro desemprego. Neste período, foram contratados 10.659 pessoas, contra 10.219 emissões de seguro desemprego.

Quem faz parte desta estatística positiva da cidade é o jovem Bernardo Guimarães, 25 anos. Ele estava procurando um emprego formal há quatro anos. “Depois de muito procura e muitos cursos de capacitação profissional, consegui um vaga no mercado formal. Comecei a trabalhar em janeiro e tive minha carteira assina em abril”, disse ele, que está trabalhando num escritório de contabilidade.

Conquistar a tão sonhada carteira assinada e ter a certeza de receber um salário no final do mês.

“Eu estava desempregado há três anos e fazendo trabalhos informais. Eu fiquei sabendo dessa oportunidade, logo me inscrevi e passei em todos os processos, graças a Deus. Eu achei uma maravilha, agora inicio uma nova etapa. Ter a carteira assinada é uma conquista”, declarou Lucas Santos Dias, que é estudante de administração.

Charles Luiz de Oliveira, há dois meses desempregado, também conquistou uma das vagas. “Foi uma oportunidade ótima. Veio em boa hora, pois eu estava desempregado. É uma chance de poder aprender uma nova função. Eu vou me dedicar bastante, pois quero crescer na empresa”, comentou Charles, que está em fase de treinamento numa empresa de Call Center.

Boa expectativa para segundo semestre

Segundo semestre teve continuar crescendo o número de empregos formais. Isso porque, os dados divulgados essa semana não entraram as contratações dos funcionários do novo shopping, o Park Sul. Serão criados nada menos do que três mil empregos diretos. Também não faz parte desta estatística as constatações da empresa de Call Center – outros 700 empregos formais.

Deixe seu comentário