Destaque 1 Volta Redonda

Polícia investiga possível guerra entre Monte Castelo e S. Geraldo


Por Tribuna

Quadrilhas que atuam em dois bairros vizinhos, cortados apenas pela Rodovia do Metalúrgicos, estariam em guerra pelo ponto de vendas de drogas. Essa é a investigação da Polícia Civil. Na área central de Volta Redonda, o tráfico do Monte Castelo e do São Geraldo é dominado por facções rivais.

Nos últimos meses, foi registrado um elevado número de mortes de moradores das duas comunidades. A onda de homicídio começou com a execução de quatro adolescentes na beira da Rodovia do Metalúrgicos em 2018. Todos moradores do Monte Castelo. No início deste ano, um outro foi morto na Colina, próximo à Clube Comercial e também morador do São Geraldo.

Dias depois, um barbeiro morto dentro da sua loja no São Geraldo. Um adolescente de 16 anos foi executado Rua 56, na Vila Santa Cecília, há três semanas era da região da cidade. O suspeito do homicídio foi preso e morava no Monte Castelo. Na semana passada, duas pessoas sofreram tentativas de homicídio e na última sexta (12) um homem levou tiro nas nádegas. Em comum, todos os crimes foram cometidos por uma dupla em uma moto.

“É elevado o número de ocorrência nessa região da cidade. Monte Castelo e São Geraldo não têm histórico de tanta violência como outros pontos da cidade: Santo Agostinho, região da Vila Brasília e Retiro”, disse uma fonte policial.

SENSAÇÃO DE MEDO NA POPULAÇÃO

Maria do Carmo (*), de 65 anos, mudou sua rotina. Após as 19 horas, não sai mais na rua. Moradora do Monte Castelo, numa localidade conhecida como Posse ou Favelinha, diz que a situação piorou de três anos: “A comunidade era como uma família. Hoje, se escureceu, fico dentro de casa”, disse.

O vizinho dela, Antônio (*) de 56 anos, complementou: “Ver jovens armados e saber qual será o destino deles, é triste. Mas não podemos também ficar refém deles. Precisamos de um reforço no policiamento”, disse.

A comandante do Batalhão da PM de Volta Redonda (28º BPM), Luciana Rodrigues, disse que reforçou as rondas ostensivas nas duas comunidades e que apreensões e prisões estão sendo realizadas nos dois bairros, assim como em toda Volta Redonda.

(*) Nomes fictício


Deixe seu comentário

error: Content is protected !!