Destaque 1 Volta Redonda

Suspeito de ter matado cerimonialista é preso em Minas


Por Tribuna

Foi preso em Santa Rita de Jacutinga, em Minas Gerais, o principal suspeito de ter matado a cerimonialista Emiliene Pereira, de 47 anos. O suspeito tem 20 anos e é suspeito de ter efetuado os disparos. As informações foram passadas pela comandante do Batalhão da PM de Volta Redonda, Luciana Rodrigues.

Emiliene Pereira foi morta a tiros no final da noite de terça-feira passada (11) em Volta Redonda. O crime ocorreu próximo ao Condomínio Inga 2, no bairro Santa Cruz.


LEIA MAIS: 

“Ela foi orar e acabou sendo morta”, diz pastor da IPV


O carro dela foi confundido com veículo da polícia ou de bandidos rivais.

Ela, que dirigia o veículo (prisma de vídeo escuros), foi socorrida por amigos ao Hospital São João Batista. Porém, não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade médica.

Emiliene Pereira fez aniversário uma semana antes de ser morta e frequentava a IPV (Igreja Presbiteriana Viva), da Voldac. Ela morava na Volta Grande.


LEIA MAIS: 

Último adeus à cerimonialista morta por engano


 

1 Comentários

    • Bozolino 10:51

      Os moradores do Ingá sabem onde estão os criminosos. A PM também. Ambos tem culpa. Os amigos que convidaram ela tem mais culpa ainda. Não foram a receber e nem a avisaram que o local é dominado por bandidos e que existem regras para entrar lá.

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!